terça-feira, 17 de julho de 2012

Vinhos e os formatos de suas garrafas

Existem pelo menos quatro formatos de garrafas que se tornaram sinônimos das regiões onde foram criados. Na garrafa bordalesa, originária de Bordeaux (França), o pescoço junto ao gargalo termina de forma mais abrupta. Na borgonhesa, da Borgonha (França), o afinamento até chegar ao gargalo acontece suavemente. E renana, da região do rio Reno, é mais alta e mais delgada que a borgonhesa. Já a garrafa de champagne, da região homônima, de vidro mais grosso e fundo chupado, foi feita para resistir à pressão do gás carbônicos retido no líquido. Mas existem outros estilos e formador, como o do vinho do Porto, com garrafa de vidro bem escura; o do Chianti, envolvido em palha; e o da Francônia, de vasilhame mais achatado e gordo na base. Clique aqui e veja as fotos das garrafas com seu respectivo nome.

Fonte: https://docs.google.com/open?id=0B4AFicEqZRjsem1zNGdIUEVNLXc